Bispo rejeita pretensões de movimento que queria reintegração de padre de Abrantes condenado

Bispo rejeita pretensões de movimento que queria reintegração de padre de Abrantes condenado

A Diocese de Portalegre-Castelo Branco rejeitou as pretensões de um grupo de cidadãos de Abrantes que tinha apelado à reintegração do padre José da Graça, dispensado de funções depois de condenado em tribunal por burla e falsificação de documentos. Em comunicado publicado na página ‘online’ da Diocese, onde dá conta de ter recebido em audiência…

Sabóia recebe feira e festival do medronho

Sabóia recebe feira e festival do medronho

A aldeia de Sabóia, no interior do concelho de Odemira, distrito de Beja, recebe, entre quinta-feira e sábado, o quarto Festival do Medronho e a Feira das Atividades Culturais e Económicas (FACES), divulgou o município. Para sábado está prevista uma “Formação do projeto Inov@sfileiras – Instalação e desenvolvimento de um pomar de medronheiro”. A FACES…

Quase 500 postos sem combustíveis mas sem grande confusão em dia marcado por acusações entre a ANTRAM e o sindicato

Quase 500 postos sem combustíveis mas sem grande confusão em dia marcado por acusações entre a ANTRAM e o sindicato

Quase 500 postos estão hoje sem combustíveis, no primeiro dia de greve dos motoristas de matérias perigosas, mas a situação está a decorrer com normalidade, registando-se, no entanto, acusações entre a associação de empresas e sindicato. Logo pelas 07:00, o porta-voz dos motoristas, Pardal Henriques, acusou a associação de transportadores de mercadorias ANTRAM de ter…

Sindicato dos motoristas de mercadorias garante que vai cumprir serviços mínimos

Sindicato dos motoristas de mercadorias garante que vai cumprir serviços mínimos

O Sindicato Independente dos Motoristas de Mercadorias (SIMM) garantiu que vai cumprir os serviços mínimos, apesar de “ainda não saberem quais são” porque as empresas não os comunicaram, disse hoje o presidente, Jorge Cordeiro, à Lusa. O presidente do SIMM reiterou que, tal como já tinham anunciado, “os serviços mínimos vão ser cumpridos” pelos trabalhadores…